• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Vereadores flagram remédios vencidos em depósito da Prefeitura

Após a vistoria, Diego e Maysa acionaram a Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor)

Os vereadores Diego Guimarães e Maysa Leão, ambos do Cidadania, encontraram dezenas de medicamentos vencidos no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos de Cuiabá (Cdmci), na tarde desta sexta-feira (23).

O flagrante ocorreu após uma denúncia sobre o desperdício de dinheiro público ter sido constatado no local por um cidadão.

Na visita, os parlamentares encontraram pilhas de caixas de medicamentos vencidos que, segundo eles, nem chegaram a ser destinados às unidades de saúde da Capital.


Funcionários da Prefeitura tentaram barrar os vereadores, ameaçando chamar a Polícia. "Pode chamar! Daqui eu não saio", disse Diego.

“É revoltante! Em plena pandemia a Prefeitura de Cuiabá está jogando fora medicamentos comprados com o dinheiro da população cuiabana. Enquanto isso, os cidadãos estão morrendo por falta de remédios”, disse Diego em postagem do seu Instagram nesta tarde.

“É dinheiro público que está indo pro ralo”, completou.

Entre as medicações vencidas estão Amoxilina (antibiótico), Atenolol (usado para doenças cardiovasculares), AmBisome (usado para tratamento de candidíase e como antifúngico) e Nistatina (antifúngico) foram alguns medicamentos encontrados.

Alguns deles, vencidos em 2020. Eles ainda encontraram agulhas e algodão estocados.

"Montanha de dinheiro"

A vereadora Maysa contou que chegou a ser impedida de realizar a fiscalização.

"Eu não pude entrar nos corredores. Aqui está ocorrendo um descarte crônico. Isso é uma montanha de dinheiro que deveria ser destinado à saúde, sendo jogado fora”, disse Maysa.

Após a vistoria, Diego e Maysa acionaram a Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor), que foi até o local apurar a situação.

Ainda acompanharam os parlamentares,o vereador Tenente-Coronel Marcos Paccola (Cidadania).

O outro lado

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá não explicou o flagrante de desperdício de dinheiro público. Preferiu dizer que os parlamentares “invadiram o local e desacataram os servidores públicos”.

“A SMS destaca que nunca negou o direito de nenhum cidadão, ainda mais com atribuição legal de fiscalizar, de visitar os espaços de atendimento à população, não sendo necessária a atitude tomada pelos parlamentares”, diz trecho da nota.

A pasta afirmou que tomará “providências legais com relação à invasão e desacato aos servidores públicos, que merecem respeito no exercício de suas funções”.


Fonte: MidiaNews

DIEGO GUIMARÃES

Praça Barão de Melgaço,
s/n - Centro, Cuiabá - MT,
CEP: 78020-400.
Fone: (65) 3617-1513

® 2021 Por Thayson Claudio

Cuiabá precisa de bons políticos.