• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Diego Guimarães denuncia fura filas da vacina ao MPE

O vereador Diego Guimarães (Cidadania) denunciou ao Ministério Público Estadual (MPE) quatro casos de pessoas que não estão na linha de frente e possivelmente receberam a vacina contra a covid-19.


O parlamentar esteve na manhã desta segunda-feira (25) no Centro de Eventos do Pantanal, onde está acontecendo a vacinação, para verificar as listas de profissionais da saúde que devem ser vacinados. De acordo com ele, não é possível saber com as informações encaminhadas pelos hospitais se todos que estão na lista se encaixam no primeiro grupo a ser imunizado.


“Recebemos muitas denúncias de pessoas que não estão no grupo que deve receber a vacina nesse primeiro momento. Na recepção há algumas listas encaminhadas pelas unidades de saúde, mas são listas muito amplas e certamente tem profissionais que não estão envolvidos no enfrentamento da covid", disse o vereador.


Diego sugeriu a criação de um termo de compromisso para que seja assinado por cada pessoa vacinada, no qual ele deve informar se é um profissional envolvido no enfrentamento da covid-19. “É preciso criar lista com estratificação de risco, para que seja garantida a vacina para aqueles profissionais que estão na linha de frente seja prioridade". 


A prefeitura encaminhou para as unidades de saúde um ofício informando que neste primeiro momento só seriam vacinados os profissionais que estão diretamente no enfretamento da pandemia devido a pequena quantidade de doses que o município recebeu.


“Ainda está bagunçada as coisas no centro de vacinação e para que funcione de maneira efetiva é preciso organizar, uma vez que poucas doses foram disponibilizadas nesse primeiro momento. Quem não está na linha de frente e for vacinado deve ser responsabilizado”, ressalta o vereador.

DIEGO GUIMARÃES

Praça Barão de Melgaço,
s/n - Centro, Cuiabá - MT,
CEP: 78020-400.
Fone: (65) 3617-1513

® 2021 Por Thayson Claudio

Cuiabá precisa de bons políticos.