• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Diego: “Existem 19 vereadores que não têm coragem de se opor”

Licenciado, vereador do Cidadania critica falta de apoio para criação de CPI na Câmara

O vereador licenciado Diego Guimarães (Cidadania) voltou a criticar a atuação dos colegas parlamentares ao falar da falta de apoio para instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os gastos da Prefeitura de Cuiabá durante a pandemia.

O pedido de abertura da comissão é de autoria do vereador Marcos Paccola (Cidadania), e mira na aplicação dos recursos encaminhados a Cuiabá para o combate à Covid-19.

Em entrevista à rádio CBN Cuiabá, Diego afirmou que a maior parte do Legislativo cuiabano se preocupa mais com a relação mantida com o Executivo municipal do que com seus eleitores.

“Não vai instaurar. Existem hoje de 19 a 20 vereadores que não têm coragem de se opor ou assinar uma CPI para uma investigação simples. Não é para acusar ninguém, é para investigar o dinheiro que veio para Cuiabá no enfrentamento da Covid”, disse.

“Não têm coragem, porque existem relações próximas com o Executivo, que fazem com que eles tenham um compromisso maior com prefeito do que com os eleitores”, acrescentou.

O parlamentar afirmou que, até agora, além de Paccola, apenas assinaram a CPI a sua suplente, Maysa Leão – que permanece no cargo até o final do próximo mês –, e os vereadores Dilemário Alencar (Podemos) e Michelly Alencar (DEM). Ele ainda citou o apoio do vereador Rodrigo Arruda e Sá (Cidadania), apesar de que ele ainda não teria assinado o requerimento.

“Os demais, se você votou em algum deles, cobre seu vereador, pergunte por que ele não assinou a CPI, peça para que ele assine. O exercício da cidadania não se resume ao voto. Cobre cada vereador”, disse.

Medicamentos vencidos

Ele criticou, por exemplo, a omissão da Comissão de Saúde da Casa que, até o momento, não teria se manifestado a respeito do resultado da fiscalização dos vereadores, da qual ele fez parte, que descobriu centenas de medicamentos e insumos vencidos em um depósito da Prefeitura.

“Há uma Comissão de Saúde na Câmara, da qual eu faço parte. Até o momento, ela não se manifestou. E, aí, eu questiono o presidente, vereador Luis Fernando, que é meu primo, inclusive. Porque eu, como membro da Comissão, já ajudei na fiscalização. O que o senhor, como presidente, vai fazer?”, questionou.

Polêmica

Recentemente, Diego fez duras críticas à postura omissa do Parlamento municipal durante a pandemia, o que resultou em xingamentos e ameaça contra ele por parte do vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), que é da base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Na ocasião, ele afirmou que “enquanto a pandemia acontece, a Câmara está discutindo datas comemorativas, títulos de honrarias e moções de aplausos”. Fonte: MidiaNews

DIEGO GUIMARÃES

Praça Barão de Melgaço,
s/n - Centro, Cuiabá - MT,
CEP: 78020-400.
Fone: (65) 3617-1513

® 2021 Por Thayson Claudio

Cuiabá precisa de bons políticos.