• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

“Decreto dá superpoderes a Emanuel; isso traz preocupação”

Vereador de oposição diz que fiscalização precisará ser redobrada se decreto for homologado

O vereador Diego Guimarães (Cidadania), que faz oposição à gestão do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou nesta quinta-feira (4) que vê com grande preocupação o novo decreto que estendeu o estado de emergência na Capital em decorrência da pandemia da Covid-19.


Em entrevista à Rádio CBN Cuiabá, Diego disse que a sua assessoria jurídica já está estudando o decreto e que aguarda um posicionamento do governador Mauro Mendes (DEM), a quem cabe a homologação da situação de emergência.


“O decreto feito pelo prefeito traz a ele superpoderes para contratações sem licitação, sem processo seletivo, sem concurso público, e isso traz uma preocupação muito grande”, disse o vereador.


Segundo o parlamentar, o trabalho de fiscalização nesse período precisará ser redobrado, principalmente em relação à análise das compras feitas pelo prefeito.


“Isso porque, no início da pandemia, tivemos diversas denúncias de corrupção, sobrepreço...”, afirmou.


Decreto


Em seu decreto, o prefeito determinou que a situação de emergência deve permanecer em vigor enquanto perdurar a declaração de emergência de saúde pública editada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).


Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Cuiabá, o decreto deve amparar o Município na ampliação de fiscalizações e agilidade na aquisição de insumos para combate da Covid-19.


Diego contrapôs, porém, que, completado um ano de pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura já teve tempo suficiente para preparar contratações, compras de insumos e equipamentos e até mesmo processos seletivos, se necessário.


“Nós sabemos que essa pandemia, infelizmente, não vai encerrar do dia para a noite. A vacinação está apenas começando, é um processo longo e deve demorar todo o ano de 2021”, analisou.


Em março do ano passado, Emanuel já havia decretado situação de emergência em Cuiabá por conta da pandemia, ocasião em que suspendeu o transporte público e fechou estabelecimento comerciais. Fonte: Midia News

DIEGO GUIMARÃES

Praça Barão de Melgaço,
s/n - Centro, Cuiabá - MT,
CEP: 78020-400.
Fone: (65) 3617-1513

® 2021 Por Thayson Claudio

Cuiabá precisa de bons políticos.